Prefeitura aguarda o decreto para determinar o fim da atividade no município

A prefeitura confirmou o fim da tração animal em Petrópolis. Em reunião realizada no dia (01.03) com membros do governo e 30 protetores de animais, o prefeito garantiu que aguarda a notificação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) à Câmara de Vereadores para enviar ao legislativo projeto de lei regulamentando o fim da tração animal. Enviada ao legislativo e aprovado pela Câmara, a matéria será sancionada pela prefeitura. Antes mesmo da homologação do resultado do plebiscito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) – na noite da última terça-feira (26.02) – a prefeitura já trabalhava para atender a demanda da população quanto à substituição das charretes.

Como anunciado após o plebiscito, a prefeitura vai respeitar o resultado das urnas. Restam apenas trâmites burocráticos para determinar o fim da tração animal na cidade. A prefeitura criou ainda no ano passado um grupo de trabalho que estuda alternativas para os charreteiros e que discute também as questões de bem-estar animal e de turismo. Todos os segmentos serão contemplados.

A reunião serviu para esclarecer as dúvidas dos protetores com relação ao término da atividade. Presente no encontro, o protetor e ativista da causa animal, Domingos Galante, elogiou a preocupação da prefeitura com o assunto.

“A reunião foi importante para esclarecer todas as nossas dúvidas com relação ao término da tração animal em Petrópolis. É importante que, dessa maneira, terminamos com as notícias falsas. É uma vitória da causa animal”, disse.

Em paralelo a isso, o grupo de trabalho criado pela prefeitura para acompanhar o assunto está avaliando projetos e busca soluções. O município estuda opções para a realização do serviço de outra forma, sem a utilização dos animais, de forma que atenda também ao turismo. O termo de referência obrigatório para o edital de licitação para charretes elétricas está próximo de ser concluído.

A prefeitura está trabalhando para criar um projeto que permita a continuidade da atividade, mas sem a tração animal. É preciso explorar o potencial turístico da cidade da melhor maneira possível, respeitando o resultado e o desejo da população. A prefeitura espera ter novidades em breve com relação as charretes elétricas.